O empoderamento feminino através da autoestima e auto imagem

Giovanna Grigoletto tem se tornado referência na área de consultoria de moda e imagem por conta do trabalho que desenvolve através do autoconhecimento. Ela aprimorou a conduta em seu nicho de atuação para transformar o sentimento das pessoas e a forma como elas se posicionam, seja na vida pessoal ou profissional. O Portal Terapia do Luxo realizou uma entrevista exclusiva com a profissional para conhecer melhor o seu estilo de trabalho.

Giovanna, por que você apostou na área de consultoria de imagem?

Sempre fui apaixonada pelo mundo da moda e no poder que as roupas tem de mudar o nosso “mood” do dia. Quando descobri a consultoria vi que esse era meu propósito de vida: ajudar as pessoas a se conhecerem melhor e se sentirem bem consigo mesma através de sua imagem pessoal. Sempre gostei muito de ajudar e quando vi uma oportunidade de juntar a ajuda com moda me senti realizada.

Qual a importância desse serviço de consultoria na vida profissional e pessoal de uma pessoa?

Depois de fazer uma consultoria você sente o impacto que isso causa na sua vida, em todos os âmbitos, seja no profissional e no pessoal. É muito difícil mudar apenas um dos lados. Ela ajuda a você olhar pra dentro, entender o que gosta e o que faz você se sentir bem. Infelizmente crescemos em uma sociedade que quer que você tenha o corpo tal e se vista como tal, esquecendo de olhar e ver o que é realmente importante para a pessoa mais especial: você.

Qual é seu diferencial?

Além de trabalhar muito com o autoconhecimento, eu trabalho de uma forma sustentável e consciente. Não gosto de sair comprando tudo e sempre vou tentar fazer você usar o máximo do que tem em casa. Tem clientes que me procuram, dizendo: “Uso sempre a mesma roupa, preciso comprar coisas”, aí quando apareço lá mostro um outro olhar das peças e do seu armário, é engraçado, elas sempre me dizem que parece que tem um novo guarda-roupa mesmo sem precisar comprar novas peças.

Em seu trabalho você fala muito sobre autoconhecimento. Como isso é aplicado no dia a dia da sua carreira?

Antes de tudo faço um estudo sobre a cliente. A primeira etapa é sempre enviada por e-mail em um questionário que tem todos os tipos de perguntas, desde o que ela gosta de comer, até o sua música preferida, assim já começa a sua própria autoanálise e é onde eu posso entender um pouco mais sobre sua personalidade e quem realmente ela é, pra poder passar sua essência através de sua imagem pessoal. É um trabalho de dentro para fora mesmo.

Você enxerga a melhora na qualidade de vida quando as pessoas exercem o autoconhecimento para posicionar sua imagem?

Totalmente, mas é sempre bom lembrar que as pessoas precisam estar abertas a isso. Não adianta você me procurar querendo que eu mude sendo que você não está preparada para mudar ou se autoconhecer. A partir do momento que você realmente busca essa melhora, sua qualidade de vida e confiança eleva e muito! Deixando você mais confiante no trabalho e na vida pessoal. Pense que você precisa se vestir todos os dias, e se você não estiver bem consigo mesma vai acabar passando essa imagem para os que estão a sua volta inconscientemente.

Como você define o momento dessa área de atuação numa época onde os valores mudaram e o “vestir” também mudou?

Minha definição para isso é: Evolução. Estou feliz que as pessoas estão buscando cada vez mais entender e conhecer seu corpo, saber o que realmente valoriza, saber comprar consciente, buscar se sentir bem e se aceitar da forma que é.

De que forma o novo comportamento das pessoas vai influenciar a consultoria de imagem daqui pra frente?

Tenho atendido muitas lojas de roupas e empresas que buscam trazer essas informações de consultoria para os seus clientes, acredito que as pessoas estão começando a pensar mais em seu bem estar do que qualquer outra coisa. Quando aprendemos o que realmente faz nos sentir bem, conseguimos ter um foco muito maior quando se fala em comprar, roupas ou até mesmo expectativas de vida. Acredito muito no poder da imagem pessoal e no autoconhecimento, só quem já passou por essa experiência sabe como faz bem para si e em tudo a sua volta.