Um luxo à sua maneira

Você entende o que é o luxo?

Palavra difícil de ser decifrada assim como a moda. Luxo pode ser uma sensação de espírito? Tenho discutido sobre o assunto com amigos, literatos e outros consumidores extremistas e amantes do consumo. Alguns são categóricos e ligam o luxo ao consumo de coisas extremamente raras. Outros, não tão radicais, acreditam que o luxo é ter tempo para se dedicar a novos projetos, pequenos prazeres, grandes momentos não necessariamente ligados ao comprar ou pagar fortunas por algo extremamente desnecessário.

Fico na linha do meio. Luxo para mim é, por exemplo, viver em Paris. Foi o maior luxo que me concedi na vida. Vir morar aqui e tentar entender como esse mecanismo funciona. Como é a  relação entre moda-luxo e estilo de vida. Não é fácil compreender a sutil ligação entre um assunto e outro, pois existem inúmeras maneiras de viver o luxo, então concluo que todos têm uma verdade dentre de seus conceitos.

Mas, amo me perder entre as luxuosidades que cruzo no meu dia-a-dia parisiense. Mulheres escandalosamente lindas vestindo peças de marcas caríssimas. Vestidos e bolsas que podem custar o valor de um carro, mas que são apenas roupas e acessórios aos olhos de quem não se interessa pelo assunto. Aí começamos a entrar no luxo que não é apara aparentar e sim para desfrutar.Dizem muitos que esse é o verdadeiro luxo. O luxe-cachée. O que não ostenta, o que te dá prazer, o que é seu, especial, particular.

O luxo maior da vida está nas pequenas coisas ? Pode ser, mas está também em dar-se ao desfrute de aproveitar enormes excessos para poder se sentir especial. O luxo é, antes de tudo, algo que você vive e não divide? Pode dividir sim. Uma grande viagem, um grande quarto de hotel, um maravilhoso e precioso jantar. Podemos tanto com o luxo que não cabe numa matéria apenas. Vou mostrar em imagens alguns momentos luxuosos de Paris ligados à moda e à vida. Mês que vem tem mais. Se liga aqui comigo que essa coluna está apenas estreando e a terapia vai ser profunda. Para mim e espero que para vocês. Bisous.

Terapiafoto1

Senti-lo, apreciá-lo.

Uma boa imagem de moda para entender e apreciar o luxo do bem vestir e do bem viver. A roupa é linda, eles mais ainda. O que nos transporta para o luxo absoluto? A felicidade que ele pode te dar, baby. Valorize o que você consome e o que você vive.

Terapiafoto2

É luxo puro.

Um modelo de preto nada básico. Tudo altamente fora do comum. Se você tem essa possibilidade invada diferentes nomes, escolha novos modelos de marcas que você ama. Um exemplo? As novas bolsas da Dior. É um deleite entrar num campo onde você não estará usando o que todas usam. Isso é luxo. Ser  diferente. Exclusiva.

terapiafoto3

Desfrute.

Um bom modo de se mostrar luxuosa é não usar bolsas, afinal você já está com uma roupa maravilhosa e o seu motorista te espera para que você não estrague o seu lindo escarpin. A bolsa fica no banco do carro. Reservada para momentos mais propícios, como por exemplo retocar o batom. Desfrute puro.

terapiafoto4

Mas também….

Luxo pode ser exagerar à sua maneira. Do seu jeito. Com suavidade. Flores no cabelo, casacos bordados à mão, tudo exclusivo, modismos que só quem conhece o assunto pode reconhecer . É uma espécie de luxo.

Fotos: Ana Clara Garmendia

Adquira o seu novo Ebook - Os conceitos que vão ditar o futuro do mercado.