News
Six Senses vence o prêmio "Negócio de Luxo Responsável"

A marca hoteleira de alto padrão foi reconhecida pelo “Positive Luxury Awards 2024” por seus compromissos sustentáveis ​​em duas categorias. Compromissos estes que atendem às expectativas dos clientes e às tendências de “CSR” (Company Social Responsability) no setor de viagens.

A organização “Positive Luxury” é especializada no desenvolvimento sustentável da indústria global de luxo. A premiação é decidida por um painel de especialistas independentes, que inclui acadêmicos, líderes de pensamento e executivos empresariais. Beleza, perfumaria, moda, joalheria, relojoaria, viagens, design, entre outras categorias, todos os prêmios reúnem os setores de atividade de alto padrão e destacam as iniciativas de CSR mais virtuosas, realizadas pelas marcas nos últimos 12 meses. 

A marca hoteleira Six Senses destacou-se ao ganhar dois prémios. O primeiro não é outro senão o “Negócio de Luxo Responsável do Ano”, que premia a empresa de luxo mais responsável do ano. A marca concorreu com Drake & Morgan, grupo britânico de bares e restaurantes, Metropolitan Touring, especializado em expedições sustentáveis ​​na América do Sul, e com a marca de joias Monica Vinader. 

©Six Senses Southern Dunes, Mar Vermelho, Arábia Saudita

Juntamente com este prêmio, a Six Senses ganhou o prêmio “Positive Luxury Travel Business of the Year”, uma categoria focada em marcas hoteleiras e composta pelos indicados Candacraig,  Marbella Club Hotel e Room2.

O Six Senses reúne 26 hotéis e resorts em todo o mundo, da Índia e Maldivas à Arábia Saudita e Espanha. A marca, pertencente ao grupo IHG, que centra a sua identidade em hotéis eco responsáveis, através de iniciativas implementadas sob a égide do seu projeto “Earth Lab”: eliminação gradual do plástico, hortas e pomares para evitar a importação, através de transportes que se utilizam de combustível fóssil, produção de energias renováveis, reciclagem de água, construção de edifícios com materiais locais etc.

©Six Senses Crans-Montana, Suíça

O grupo hoteleiro inclui a sustentabilidade em toda a sua cadeia de valor, sem esquecer a proteção global da fauna e flora no entorno de suas construções, além de apoio às comunidades locais. Uma visão que atende às expectativas ecoturísticas dos viajantes, além de uma tendência importante em quase todos os relatórios ligados à hotelaria. 

Em um artigo publicado em 2023, sobre o futuro da indústria hoteleira, especialistas da empresa estratégica McKinsey indicaram que a sustentabilidade deve ser a prioridade para os estabelecimentos.

As marcas hoteleiras terão de redobrar os seus esforços para construir resorts que respeitem a natureza e as comunidades, ao mesmo tempo que comunicam o seu impacto através do CSR.