Como está sua saúde mental para trabalhar no home office?

O isolamento social é uma medida necessária para conter a transmissão do coronavírus. Devido a essa necessidade, incentivou-se a prática do Home Office, modalidade que evita o contato interpessoal e as aglomerações e oferece autonomia sobre o tempo, considerando que a pessoa pode definir seu horário para o trabalho e outros afazeres, incluindo o lazer.

A adaptação ao home office varia de pessoa para pessoa, porque alguns moram sozinhos, outros têm família e filhos pequenos e a adequação da rotina diária deve respeitar as particularidades de cada casa. É importante se conscientizar que para o trabalho remoto ser produtivo é imprescindível que haja organização e disciplina.

De acordo com a Marilene Kehdi, psicóloga e sspecialista em atendimento clínico, montar uma lista das atividades e prioridades do dia é primordial para se organizar e reduzir o estresse, por isso é preciso estabelecer horários para iniciar e encerrar as atividades do dia, para fazer as refeições, dar atenção aos filhos pequenos, fazer pequenas pausas para o café e também para se conectar com amigos e familiares.

Uma rotina organizada colabora na redução do estresse, do nível de ansiedade e também na manutenção da saúde mental.
O home office precisa ser bem estruturado para evitar uma sobrecarga de trabalho, fato comum quando não há metas e prazos definidos.

“Podemos dizer que o grande desafio desta modalidade é estipular horários de início e término das atividades. Essa rotina de tarefas pode ser adequada aos períodos de maior produtividade de cada um, desde que respeite os limites individuais e preserve a saúde física e mental. Muitas mulheres se sentem culpadas por não conseguir realizar todas as tarefas da forma que idealizaram. Trabalhar, cozinhar, cuidar dos filhos, da família e dos afazeres domésticos são tarefas múltiplas que podem ser compartilhadas com os parceiros e familiares próximos. Essa atitude simples ajudará a amenizar a culpa, a reduzir o nível de estresse, de ansiedade e de angústia”, complementa a profissional.

Enquanto para muitas pessoas trabalhar em home office causa bem estar psicológico e emocional, para algumas que moram sozinhas pode causar uma sensação de isolamento e sentimento de solidão, por isso é bom manter contato com familiares e amigos via redes sociais, praticar atividades físicas em casa que proporcionem um maior equilíbrio emocional como yoga e relaxamento, ler bons livros e ter sempre em mente que este período de isolamento é temporário e que respeitar a quarentena é imprescindível ao bem estar de todos. Seguir uma rotina organizada faz muito bem para a saúde física e mental, ajuda a produzir e favorece a criatividade.