Colunistas, Destaques
Paris, metaverso e o fim da fronteira entre o luxo virtual e físico

Os impactos do metaverso dentro da economia mundial e, em especial, no setor de luxo ainda estão longe de serem compreendidos em toda a sua extensão. Porém, um fato já está consolidado: é cada vez maior a importância do desenvolvimento de uma estratégia de negócios assertiva nesse novo universo para as marcas que atuam no segmento.

Isso fica ainda mais evidente quando lembramos que, em um passado não muito distante, grifes ícones do setor de alto padrão alegavam não ter interesse em se dedicar ao universo online pela impossibilidade de proporcionar experiências tão agregadoras quanto as desenvolvidas no varejo físico.

Esse conceito aos poucos foi perdendo a relevância e, atualmente, não é exagero pensar que a totalidade das marcas que atuam no mercado de luxo já tem ou está desenvolvendo um plano de negócios que contemplem as inovações do ambiente digital.

Caso alguma dúvida ainda persista quanto ao metaverso e o fim da fronteira entre o luxo virtual e o físico, ela já tem data para acabar. Entre os dias 24 e 29 de janeiro de 2023 acontece em Paris a Metavershow Fashion Week, evento virtual cujo objetivo é proporcionar uma maneira diferenciada de vivenciar os desfiles de moda tendo como público prioritário as novas gerações de consumidores.

Reconstrução digital de Paris para a Metavershow Fashion Week

O evento contará com passarelas, festas e outras experiências totalmente concebidas no formato virtual. Se, do lado corporativo, será possível que as principais grifes de moda apresentem seus lançamentos e designs digitalmente, caberá ao público a oportunidade de desfrutar de um grande número de experiências imersivas especialmente planejadas para a edição.

Um dos pontos altos da ação será enfatizar a ideia de que o metaverso já deixou de ser unicamente um espaço voltado à diversão. Na Metavershow Fashion Week as marcas terão a possibilidade real de levar seus produtos para qualquer parte do mundo e apresentá-los em tempo real. As possibilidades de interação também permitirão que os amantes de moda, por meio do uso de seus avatares, possam usar os modelos e tendências como forma de definir a sua identidade virtual.

A iniciativa faz parte do projeto LUXOMANY LAND que tem a meta de criar um espaço virtual dedicado inteiramente ao segmento fashion. Um dos aspectos de maior destaque é que, apesar do evento ter a duração de cinco dias, a ideia é manter o ambiental digital em funcionamento durante todo o ano, permitindo a realização de novos lançamentos e eventos corporativos.

É muito interessante constatar a escolha de Paris como sede de evento. A Cidade Luz que é o maior símbolo do segmento de alto padrão, com suas avenidas icônicas e lojas das principais grifes da atualidade, caminha a passos largos para diluir definitivamente qualquer fronteira que ainda exista entre o luxo físico e o virtual.

Crédito da imagem 01: Reprodução/Internet

Crédito da imagem 02: Reprodução/Luxonomy