À frente de eventos no Rio de Janeiro, Vinícius Belo dedica boa parte de seus projetos a ações filantrópicos

Foi trabalhando como relações públicas da rede de salões de beleza da atriz Juliana Paes que em 2014 Vinicius Belo decidiu se dedicar também ao mercado de festas e eventos sociais. No mesmo ano, ao lançar junto com Juliana Paes a campanha Fios pro Bem, Vinicius tomou conhecimento sobre a sobre a causa do câncer de mama e logo firmou uma parceria de sucesso com a Fundação Laço Rosa, instituição que influencia políticas públicas e empodera pacientes com câncer de mama. No mesmo ano (2014), junto com a Laço Rosa, Vinicius Belo lançou um evento que celebraria a iluminação cor de rosa de um dos principais monumentos do Rio e seus cariocas, o Cristo Redentor, com venda de convites que seria destinada para a instituição. A festa que ganhou o nome de Coquetel Laço Rosa acabou entrando para o calendário do Rio e desde então passou a acontecer anualmente na cidade. De lá pra cá, Vinicius conseguiu a adesão de nomes como Vanessa da Mata, Roberta Sá, Ludmilla, Baby do Brasil, Preta Gil, Mar’tnália e muitas outras em prol da Instituição. Este ano, a cantora Maria Rita abriu mão de seu cachê e se apresentou em live para atrair doação à Laço Rosa. A ação aconteceu no terraço do Hotel Fasano, em Ipanema, e contou ainda com apresentação de Adriane Galisteu. Mais um evento de sucesso em que Vinícius esteve no comando.

Ao longo desses anos, Vinicius Belo já assinou eventos para marcas como Armani, 7 for All Mankind, Salvatore Ferragamo, Intimissimi; e foi responsável pela lista de famosos de disputados camarotes na Marques de Sapucaí, no Rio. Produziu e assinou o vip list de festas em hotéis de redes importantes como Accor, Pestana e Fasano. Agitos de sucesso como “Mais Bossa” em comemoração aos 60 anos da Bossa Nova, no Belmond Copacabana Palace, e “Maravista”, no Sofitel Ipanema, também fizeram parte do portfólio do promoter, mas ele afirma que seu maior prazer está em realizar ações que reverberam no bem para a humanidade. “A pandemia trouxe também muitas coisas boas. Neste exato momento de coronavírus e isolamento social, a solidariedade está in voga. Cada vez mais pessoas se mobilizam para ajudar quem mais precisa nesse momento difícil, seja por doações a ONGs ou por ações por conta própria. E pesquisas da população brasileira na internet reforçam essa nova onda. Segundo levantamento do Google Trends, nunca os brasileiros buscaram tanto o termo “como ajudar” na ferramenta de pesquisa do site. Nestes últimos 5 anos posso afirmar que realizei diversos eventos para ajudar instituições, entre elas a Laço Rosa. Se todo mundo pensasse assim, e destinasse algumas horas ou dias do seu trabalho para ajudar alguma projeto, tenho certeza que o mundo não estaria do jeito que está. Pra mim enquanto um relações públicas não adianta apenas produzir festas, e criar conexões entre marcas e pessoas, se não existe um propósito maior por trás de tudo isso.” Afirma Vinicius, que também já produziu eventos filantrópicos para o Retiro dos Artistas, instituição centenária que abriga artistas na terceira idade, a Rede Postinho de Saúde, que tem Letícia Spiller como madrinha, e outras…

Através de sua agência, a Vinicius Belo Relações Púbicas, ele cria, conecta e produz ações que geram impacto midiático para pessoas, marcas e projetos.

Novos projetos

Apaixonado por turismo, mais precisamente por hotéis – e pouco importa a classificação de estrelas -, Vinicius Belo é daqueles que o tesão em viajar sempre esteve mais ligado ao hotel em que irá se hospedar do que o próprio destino. Relações públicas no dia-a-dia e turismólogo nas horas vagas, o carioca de alma cosmopolita também divide o tempo que tem com o canal Check Hotels, espaço que criou em 2019 e que aponta o “how to do” e o “how to be” do que há de melhor e curioso no orbe hoteleiro. Self-made man de mão cheia, além de assinar eventos que já fazem parte do calendário do Rio, aventura-se agora com o espaço que ganhou no Youtube para informar tendências que foram apuradas e que passaram pelo seu olhar, mostrando o verdadeiro lifestyle dos hotéis mais incríveis do mundo. Em seu roteiro já constam hotéis poderosos como o Shangri-La, em Paris, e bandeiras como Mgallery, do grupo Accor, Luxury Collection, do grupo Marriott, e até o W South Beach, lá por exemplo ele conseguiu ficar na Penthouse, e também na concorrida e-wow, suíte que custa aproximadamente 21 mil dólares por noite, mais impostos, e que costuma receber Madonna e Bono Vox. “O Brasil agora é um dos protagonistas deste roteiro, mesmo a pandemia trazendo enormes perdas para o setor, o brasileiro agora não tem outra opção se não valorizar nossas maravilhas e descobrir coisas fantásticas que temos por aqui. O turismo nacional está aí com tudo, temos empreendimentos hoteleiros que são bárbaros e que já estão na minha wishlist para ir gravar”, afirmou o promoter.