Virginie Viard apresenta sua primeira coleção solo para a Chanel

Após trabalhar por mais de três décadas ao lado do estilista Karl Lagerfeld, Virginie Viard se tornou a escolha natural da Chanel para substituir o estilista alemão falecido no último mês de fevereiro. Com a confiança total da marca francesa, faltava apenas à Viard apresentar sua primeira coleção solo para comprovar seu talento como criadora de moda e definir os caminhos que a Chanel trilhará daqui para frente.

E foi isso que aconteceu no último dia três de maio em Paris. A coleção Resort 2020 definitivamente consolidou a imagem de Virginie Viard como uma das personalidades mais importantes do segmento fashion contemporâneo e, ao mesmo tempo em que ressaltou sua fidelidade quanto à visão criativa de Karl Lagerfeld, também demonstrou que a estilista deverá impor seu estilo particular no futuro da marca.

A nova coleção apresentou um total de 79 looks na passarela e foi possível perceber também a influência tanto de Lagerfeld quanto das linhas que caracterizaram o trabalho de Coco Chanel. Um detalhe que chamou a atenção foi que as peças exibiam uma feminilidade mais acentuada, possivelmente com a intenção de promover um diálogo ainda mais assertivo com as novas gerações.

O local escolhido para o desfile foi o Grand Palais, uma das construções mais conhecidas da capital francesa. A ideia era destacar através da ideia das viagens de trem o momento de transição e mudança que a Chanel atravessa. Basta pensar que se o cenário escolhido era uma referência direta aos gostos particulares de Lagerfeld, Virginie Viard finalizou o desfile com criações em 3D. A mensagem foi clara: a marca acena para o futuro sem esquecer seu passado.

Crédito das imagens: Reprodução/Getty Images.

Leave a Reply

Your email address will not be published.