Um perfume intenso e refinado

Lançado em 1921 e criado pelo perfumista Ernest Beaux o Chanel Nº 5 inaugurou a tradição das fragrâncias clássicas desenvolvidas pela marca francesa ao longo de quase cem anos de história. Agora, mais um capítulo dessa incrível história ganha vida com o lançamento da fragrância Bleu de Chanel Parfum.

Criada por Olivier Polge, filho do criador original do perfume Bleu de Chanel lançado em 2010, a nova versão do perfume ganhou um ajuste ainda mais preciso nas notas amadeiradas e cítricas. De acordo com o seu criador, encontrar o tom certo não foi tarefa fácil. “Nós tivemos que evitar simplesmente repetir o que já havia sido feito. Intensidade e refinamento podem ser expressos sem lançar um soco olfativo. É por isso que eu queria dar mais espaço ao sândalo, deixá-lo fundir-se com o cedro e as notas de topo frescas”, ressaltou Olivier Polge.

A nova fragrância dá ênfase a um tipo de aroma amadeirado incomum: o sândalo raro e cremoso da Nova Caledônia que surge de forma sutil e, aos poucos, amplia sua presença sem jamais tornar-se insistente ou intenso demais. Para completar a pirâmide olfativa do perfume, entre as notas de topo estão bergamota e hortelã; entre as notas de coração destacam-se lavanda e gerânio e, para fechar, além do sândalo, as notas de fundo contam com cedro e madeira de âmbar.

Crédito da imagem: Divulgação.