Um mercado ainda mais sustentável

O estilista John Galliano é um dos criadores mais respeitados do mundo da moda. Um dos fatos que comprovam sua importância para o segmento fashion, é que ele foi o primeiro britânico a assumir o controle criativo de uma casa de moda francesa.

Na última semana, Galliano informou que não voltará a utilizar peles de animais em suas futuras coleções. O anúncio vem reforçar uma tendência de marcas como a Gucci e a Versace que, cada vez mais, desenvolvem ações e criam estratégias operacionais que vão ao encontro das ideias de sustentabilidade.

No caso do segmento de moda, o abandono das peles naturais indica um posicionamento claro em defesa do bem estar dos animais e, ainda, motiva a indústria a encontrar de forma sintética substitutos para esse produto.

“Hoje em dia, não queremos um produto, queremos uma ética, uma casa que defenda os valores que admiramos. Podemos ser arrojados e muito divertidos sem peles”, afirmou o estilista em uma entrevista.

Além das duas marcas citadas acimas, ícones da moda mundial como Giorgio Armani, Ralph Lauren, Michael Kors, Hugo Boss, Calvin Klein e a sempre conectada Stella McCartney, também já aboliram o uso das peles em seus projetos.

No mercado de luxo, o conceito de qualidade e excelência precisa estar presente em todas as etapas dos processos. A exigência dos clientes e uma perspectiva mais humanizadas das marcas e empresas que atuam no segmento fazem com que a adoção de práticas ligadas ao bem estar das pessoas, dos animais e do próprio planeta seja cada vez mais frequente.

E uma constatação importante dessa nova realidade é que tornar um negócio mais sustentável é tarefa simples. Desde a reciclagem de papel no escritório até o apoio a uma organização ambiental ou social, o limite é a criatividade. E não há dúvidas que em um mercado competitivo e amplamente conectado como o que vivemos na atualidade, uma marca que faz o bem, certamente, possui mais relevância do que outra que apenas tem um produto de qualidade.

Crédito da imagem: Reprodução.

Leave a Reply

Your email address will not be published.