Um hotel com muitas estrelas no coração do 16º distrito de Paris

x3Gf7Jz6QM8Xn7pWMdQcFyYv5yYOyLbIbsEt4Iyh6ik,YpXOnlmOotWAHPrqJzjhstm0E3aA6SZUzROk2rzDgd0,i3W0UqfrPknQBUju0QIVPIel5KaXeZEALRiekraOM00,wzVEnO2Gc99Jsq88QBOv5F_mBL6JTKl1nZc0dAt3sSM

Durante uma reunião no Tivoli Mofarrej, um dos Leading Hotels of the World que costumo frequentar em São Paulo, convidei Manu Berger para o show do Andrea Bocelli em Altos de Chavón, no hotel Casa de Campo, na República Dominicana. Em meio à conversa, ela me convidou para escrever no Terapia do Luxo.

Como Manu estava de viagem marcada para Paris, sugeri a ela hospedar-se no Hotel Raphael, que além de ter uma excelente localização, já que fica bem perto da Torre Eiffel, da Champs-Élysées, do Arco do Triunfo e dos principais museus e lojas de grife da cidade luz, ainda possui um terraço repleto de flores com uma deslumbrante vista 360 graus da cidade. Localização, na minha opinião, é um dos critérios fundamentais no momento da hospedagem, por isso, geralmente escolho o Hotel Raphael quando viajo para a capital francesa ou quando preciso indicar para um amigo.

A história do hotel começa no ano de 1900, quando foi inaugurado com o nome Hotel Regina. Sete anos depois, ganhou uma nova denominação e passou a se chamar Hotel Majestic. Foi a partir de 1925 que se tornou Hotel Raphael, tornando-se também, um dos endereços mais aconchegantes e sofisticados da capital francesa.

O número reduzido de quartos foi a maneira que seu fundador, Léonard Tauber, encontrou para garantir aos hóspedes um clima privativo e intimista. Até pouco tempo, o hotel era administrado pela neta de um antigo sócio de Tauber, Madame Françoise Baverez. Recentemente, ela deixou a direção geral dos Hôteles Baverez a cargo de sua filha, Véronique Valcke.

Além de ter sido incluído entre os The Leading Hotels of the World em 2008, o Hotel Raphael recebeu, no mesmo ano, o Prix Villégiature Award de melhor bar de hotel na Europa. Em 2012, foi eleito pelo Condé Naster Traveler como um dos 25 melhores hotéis na França.

Pelos corredores, na galeria ou no bar do Hotel Raphael, é possível esbarrar em chefes de Estado, líderes políticos, acadêmicos, escritores, jornalistas, atores e diretores. Estes últimos, por sinal, desde há muito tempo são atraídos pela imponência de sua construção, tornando-o cenário de seus filmes.

Place Vendôme, produzido em 1998 e estrelado por Catherine Deneuve, Hotel Chevalier, gravado em 2007 e dirigido por Wes Anderson, e Holy Motors, filme de Leos Carax realizado em 2012, foram algumas das produções que levaram ao universo da sétima arte um pouco da magia do hotel.

Se as estrelas que embelezam o céu parisiense podem ser apreciadas com todo o conforto do terraço do hotel, os astros da constelação cinematográfica também podem ser vistos nos seus corredores. Além da bela Catherine Deneuve, figuras imortais do cinema como Ava Gardner e Marlon Brando e atores que fazem sucesso nos dias de hoje como Mickey Rourke e Natalie Portman, também, já filmaram por lá.

Mais informações sobre o hotel você encontra no site www.raphael-hotel.com ou através do e-mail info@nethospitality.com.br.

y7fqQk7v2yu92VRP5OW4U1w4h3kIN9CwQaTwO9fQg5g,Ob8JHtTEYmLyXnNIh1mqSKfErRBkOxIttVbYcJNfzBE,WiDAthPI62UuW6nweoA9XK5FKthUI_egd6QX26qKN8g 4_F29SviGXiuYu11p915FhUw85sLoCnGxUMg2emxDmg,9g3ZYwX2gGnB_OA4QZRb2hbSjnTCOuD2bLvrVCRR8sM x3Gf7Jz6QM8Xn7pWMdQcFyYv5yYOyLbIbsEt4Iyh6ik,YpXOnlmOotWAHPrqJzjhstm0E3aA6SZUzROk2rzDgd0,i3W0UqfrPknQBUju0QIVPIel5KaXeZEALRiekraOM00,wzVEnO2Gc99Jsq88QBOv5F_mBL6JTKl1nZc0dAt3sSM