Tradição, saúde e sabor

1

Quando se fala em saquê, imediatamente nos lembramos de um produto tradicional e, principalmente, consumido em restaurantes japoneses. Entretanto, essa bebida milenar tem mais aplicabilidades do que se imagina.

O saquê é uma bebida única, com sabores e aromas individuais. A partir de ingredientes básicos como arroz e água, somados aos agentes de fermentação, torna-se incrivelmente puro, simples e ao mesmo tempo complexo. E baseado em dados científicos, a Tradbras, empresa focada na importação e exportação de produtos da cultura oriental, publicou em seu site sobre os benefícios do consumo de saquê com frequência e moderação.

Sake, Japanese liquor

A organização National Cancer Center, localizada no Japão, fez uma pesquisa com 265 mil homens japoneses e descobriu que os indivíduos que bebiam saquê todos os dias possuem menor risco de câncer do que os que não consumiam. Além disso, é comprovado que o saquê tem a menor taxa de mortalidade de cirrose e câncer de pulmão, em relação a outras bebidas alcoólicas.

O consumo moderado de saquê pode auxiliar doenças cardíacas e doenças cerebrovasculares, prevenindo a formação de coágulos sanguíneos ajudando na redução do colesterol. A ingestão moderada do produto aumenta a uroquinase, uma substância que libera coágulos sanguíneos.

3

A bebida contém cinco tipos de substâncias que inibem a enzima Catepsina B, uma das causas de alergias. Assim, o consumo moderado pode auxiliar na prevenção no aparecimento de alergias de pólen, alimentos e ácaros.

Entretanto, vale lembrar que além de ser o acompanhamento perfeito para o sushi, os benefícios da bebida não se aplicam ao consumo de doses elevadas. Então, fica a recomendação: beba modernamente, aprecie as harmonizações do saquê e aproveite uma bebida que concilia em doses iguais tradição e sabor.

Crédito das imagens: Reprodução.