Top 5: as estreias da sétima arte

O retorno de um complicado triângulo amoroso; um livro que muda radicalmente a vida de quatro amigas; uma garota com uma doença rara; os desafios econômicos e culturais da vida na Rússia na década de 1970 e uma surpreendente história de amor são os temas de cinco produções imperdíveis que estreiam nesta quinta-feira nos cinemas brasileiros. Confira.

Do jeito que elas querem

Em um bairro californiano, quatro grandes amigas que vivem com idade na faixa dos 60 anos, tem a ideia de ler o best-seller Cinquenta Tons de Cinza em seu clube do livro. A história de amor muito fora do convencional retratada no romance inspira as amigas a promoverem grandes mudanças em suas vidas.

Dovlatov

Em 1971, durante o aniversário da Revolução Russa, o país não tem muito a comemorar em assuntos como política, economia e cultura. Nesse período, os textos do judeu Sergei Dovlatov sofrem censura da mídia oficial e amigos seus são exilados por leitos governamentais que vão muito além do interesse real pela justiça.

Talvez uma história de amor

Nesta produção nacional, o ator Mateus Solano interpreta o personagem Virgílio, que ao chegar em casa ouve uma mensagem estranha em sua secretária eletrônica. A mensagem é de Clara que liga para terminar todo o seu relacionamento com Virgílio. O problema, porém, é que Virgílio não faz a mínima ideia de quem seja a mulher do recado e passa a fazer de tudo para encontra-la.

Sol da meia-noite

A atriz Bella Thorne protagoniza essa produção na qual interpreta Katie, jovem de 17 anos que devido a uma doença rara vive dentro de sua casa sem poder sair. Tudo em sua vida muda ao encontrar Charlie, rapaz com quem Katie irá iniciar um romance e mudará para sempre a forma com que a garota vê a vida.

Amores de chumbo

Quando Miguel e Lúcia estão próximos da comemoração do aniversário de 40 anos de seu casamento, surge em suas vidas Maria Eugênia, uma paixão antiga de Miguel. O retorno da mulher trará também a lembranças de um amor vivido em plena ditadura militar brasileira.