Top 5: dicas de vinhos para você harmonizar com sua ceia de Natal

O clima natalino realmente modifica nossos gostos e formas de agir, nos tornando mais afetivos e mostrando que pequenos momentos são de extrema importância. Estar junto de amigos e familiares, compartilhando o alimento e com o acompanhamento de bons vinhos, são prioridade na ceia natalina, que independente do prato ou rótulo escolhido o verdadeiro propósito é unir pessoas. Confira, a seguir, as dicas de Lucas Simões, enólogo da Domno Importadora, para uma harmonização perfeita na ceia de Natal.

Bacalhau à lagareira

Com o passar do tempo esta receita foi se modificando, sendo adaptada de acordo com a cultura de cada região. Basicamente é o bacalhau empanado, guarnecido de batatas assadas, condimentadas e regadas por muito azeite. O protagonismo com esse prato fica a cargo do Casas del Bosque Reserva Sauvignon Blanc, com sua explosiva carga aromática e fina acidez, contrabalanceando com o residual salgado do bacalhau e a acidez proporcionada pelo azeite.

Chester

Harmonizar vinhos e carnes de aves pode parecer simples, mas devemos lembrar que nem todas as aves são delicadas em sabor. No caso do Chester, este apresenta muitas semelhanças com o frango, mas com maior concentração de proteínas e baixo teor de gorduras. Uma boa sugestão é um vinho tinto mais jovem e frutado, além da sutil presença do carvalho, como o exótico e surpreendente Namaqua Pinotage, com seu exuberante aroma remetendo à especiarias, ou mesmo um democrático vinho argentino, como o clássico Argento Malbec.

Arroz de Natal

O arroz natalino é rico em sabores e com marcante toque agridoce. A melhor opção para este prato são vinhos com delicada concentração de açúcar, acidez moderada e presença frutada. Vinhos do sul da Itália, como o 12 e Mezzo Primitivo di Manduria, originados de uma região caracterizada por conseguir uvas plenamente maduras e com grande influência do sol mediterrâneo sempre são certeiros.

Tender

A carne suína é uma das mais versáteis quando nos referimos à harmonização, assim seu sabor pode ser equilibrado com diversos estilos de vinhos, sejam eles brancos, tintos ou rosés. Considerando isso, a escolha mais coerente são vinhos que sejam harmoniosos em sua essência, como o Catedral Dão, composto por típicas uvas portuguesas e com acidez, taninos e álcool completamente equilibrados, demonstrando uma sinergia entre sabores que nos convida ao próximo gole.

Panetone

O panetone é um dos mais autênticos símbolos do Natal e quer seja ele recheado com frutas cristalizadas ou chocolate, a escolha que alegrará a todos é o vinho do Porto. Uma excelente recomendação é o estruturado Kopke Special Reserva Tawny, como notas que remetem a baunilha e café, além da doçura na medida certa.

Crédito das imagens: Reprodução.