TL 14 – Babel contemporânea: Istambul, por Daniela Busarello


 
Uma viagem à uma Babel Contemporânea. Uma parte de seu território na Europa, outra na Ásia. 15 milhões de habitantes, uma das cinco maiores cidades do mundo. Gigante, horizontal, populosa, intensa, espalhada e frenética.
História e costumes multiculturais: impérios romano, bizantino e otomano. Diferentes línguas, religiões e códigos. O chamado das mesquitas para a reza muçulmana e a música dos djs nos terraços dos edifícios convivem em harmonia. Gastronomia rica de sabores, temperos e perfumes.
O alfabeto é desenhado, “c” e “s” cedilhas, parecem textos dançantes. A linguagem, ao som dos ouvidos estrangeiros, tem sons russos-japoneses-turcos-gregos.
Comecemos pelo grande burburinho e o “centro nervoso” tradicional-cultural da cidade: O Grand Bazar.
unnamed (95) unnamed (96)

#marco polo de saias: Grand Bazar.

Passeio pitoresco e fundamental para entender esta tal cultura tão negociante. Deixe-se inebriar pelos cheiros dos temperos e do café, brilhos dos ouros e pratas, entre tecidos, cerâmicas e couros. Endereços secretos para encontrar os verdadeiros baús de Ali Babá.
Asseguro: eles estão ali, mas bem guardados. Exige tempo, paciência, conhecimento e inteligência para negociar, negociar e negociar. Olhos atentos enxergam os belos traços das arquiteturas dos diversos períodos de sua construção: arcos, abóbodas, pinturas, tijolos.
unnamed (97) unnamed (98)
#savoir_vivre:  Autoban Gallery
Jovens arquitetos-designers, em oito anos ser tornaram responsáveis pelos lugares mais cool da cidade, e do mundo (restaurantes, hotéis, aeroporto)! De estilo contemporâneo e precioso, criaram um lifestyle desejado por muitos. Ir na Autoban Gallery, comprar um objeto ou mobiliário é uma maneira de levar um pedacinho de bom gosto para casa.
unnamed (99) unnamed (100)
#memória : Topkapi Palace
Depois da queda do Império Otomano em 1923, este palácio se transformou em Museu.
Visita obrigatória para deleitar todos os sentidos.
 
 unnamed unnamedw
 
 # sacro: Kiliç Ali Pasa Hamami
Tantos hamams que já passei, mas nenhum igual à este. Arquitetura de interiores otomana, uma das mais belas abóbodas feitas pelo grande arquiteto Sinan entre 1578 e 1583, parte de um complexo composto por uma Mesquita e Escola, no bairro de Tophane, que se abre para o estreito do Bósforo, que liga com o mar de Mármara, de onde origina o mármore cinza de todos os pisos, paredes e bacias onde tomamos os banhos.
Deixe-se tratar como uma rainha (ou rei): um banho-carinho entre espumas delicadas, massagens e dedos de fadas.
unnamed22 unnamed333
# profano: Mikla restaurant
Um dos 100 melhores restaurantes do mundo. Comandado por um Chef turco-sueco, reflete o que a cidade tem para oferecer: Istambul é heterogênea e surpreendente, bem como a atmosfera, o design e a gastronomia desta cozinha nas alturas.
Em primeiro lugar, um drink no terraço aberto para aguçar as papilas entre o lusco-fusco do cair da noite, as luzes da cidade que se acendem e formam uma dança de odaliscas. Depois de se extasiar visualmente é hora de se deixar conduzir pelas experiências destes sabores das mil e uma noites.
unnamed21 unnamed2222
#savoir_faire: Gonul Paksoy 

Gonul Paksoy é a criadora desta arte-design para vestir. Cada peça é única, feita à mão, em seda, bordados, cortes arquitetônicos e conceitos intelectuais. Seu trabalho é simples, atemporal e inspirado das tradições turcas: passado, presente e futuro.

Livros e exposições registram tudo o que fez pelo mundo afora. Ela trabalha com tecidos preciosos, antigos e naturais, ou escolhe suas cores e tinge especialmente para transformá-los em sapatos, bolsas, chapéus, saias, vestidos e jóias.

unnamed1 ww

#lux:  Mama Shelter 

Para o nascer ou o pôr do sol, escolha um dos milhares de roof-tops da cidade. Hotéis e edifícios de apartamentos têm restaurantes abertos para os habitantes da cidade mergulhar na impressionante vista de Istambul.
No pôr do sol todas as cores do dourado, passando pelos rosados, lilases e azuis, do claro ao mais profundo. As miríades de luzes dos edifícios, mesquitas e carros nas grandes avenidas mostram uma imagem clara do seu frenesie. O Hotel Mama Shelter é sinônimo da noite mais animada, para jantar, dançar ou bebericar. São incríveis 360 graus de vista. Philippe Starck, claro.
Istambul, se deixe encantar. Leitura da sorte no café… alea jacta est.

43