Suntory mandará seu uísque para o espaço

Suntory no espaço

Suntory no espaço

Amostras de whisky produzido pela Suntory serão armazenadas no laboratório japonês da Estação Espacial Internacional por, pelo menos, um ano. Alguns frascos, entretanto, devem permanecer mais tempo. Os pesquisadores envolvidos no projeto acreditam que o armazenamento da bebida em um ambiente com pequenas mudanças de temperatura e movimento deve levar a um sabor mais suave.

A Suntory enviará maltes envelhecidos por 10, 18 e 21 anos, assim como uma série de outras substâncias alcoólicas. Após retornarem à Terra, os sabores serão avaliados através de uma análise científica que identificará se a houve alguma melhora na qualidade da bebida.

Para os que já imaginavam saborear uma bebida com toques espaciais, a Suntory informou que, no momento, não está pensando em aplicar os resultados do estudo para produtos comerciais. A demanda de whisky disparou no Japão, no ano passado, depois que uma emissora do país transmitiu uma série chamada Massan que conta a história verídica de um empresário japonês e sua esposa escocesa que estabeleceram a primeira destilaria da bebida no Japão.

As vendas também apresentaram um grande crescimento após a nomeação do Suntory Yamazaki Single Malt Sherry Cask 2013 como o melhor whisky do mundo por uma das mais importantes publicações do gênero.