Sniper Americano

Imagem 01 (8)

Clint Eastwood é o maior mito do cinema norte-americano atual. Se, enquanto ator, sua habilidade em frente às câmeras foi muitas vezes colocada em dúvida, a partir do momento em que se tornou diretor sua relevância só se fez aumentar.

Gran Torino, dirigido por Eastwood e lançado em 2008, talvez seja o filme mais significativo da primeira década deste novo século. Focando, na maioria das vezes, nas mazelas da alma humana, o ator/diretor vem construindo uma das mais brilhantes carreiras da história da sétima arte.

Seu novo filme em cartaz nos cinemas brasileiros, Sniper Americano, conta a história real de Chris Kyle, considerado o atirador de elite mais letal da história militar dos Estados Unidos após os atentados de 11 de setembro. Se o patriotismo do protagonista é inquestionável, suas ações morais estão sempre sendo postas em cheque através do olhar astuto e observador de Eastwood.

Bradley Cooper, que ficou famoso na série de filmes Se Beber não Case, prova que é um ator talentoso e centrado. Sua composição de um personagem difícil é delicada e, ao mesmo tempo, visceral.

Pode ser que esta nova produção de Clint Eastwood não seja o seu melhor filme nos últimos anos, entretanto é mais um capítulo obrigatório para quem quer entender um pouco mais a história dos Estados Unidos e, é claro, do mundo todo.