Sabor e saúde em baixas temperaturas

A chegada do inverno movimenta o comércio alimentício, especialmente o de bebidas quentes e, entre elas, o vinho ganha o maior destaque. As razões para o sucesso são inúmeras: cultura, prazer e sofisticação são apenas algumas qualidades associadas à bebida que acompanha o homem desde os tempos mais remotos.

Mas, atualmente, outro diferencial chama atenção: sua ação sobre saúde. Segundo pesquisas especializadas, a bebida que ganhou o status de amiga do coração, também conquistou o paladar dos brasileiros, especialmente na melhor idade. Contudo, os especialistas alertam: as evidências científicas não são uma carta branca para o exagero, pois, para alcançar estes benefícios é preciso moderação.

O vinho é uma das bebidas mais apreciadas em todo o mundo, mas na mesa dos brasileiros ele ainda vem conquistando seu espaço. Com uma média per capta de dois litros por ano, o consumo no país está bem atrás de seus vizinhos chilenos e argentinos, no entanto, aos poucos esse cenário está em vias de mudanças.

Fatores como as diversas possibilidades de harmonizações e sensação de aquecimento fazem do inverno a estação perfeita para o consumo de vinho

O estudo exclusivo, realizado pela Banca do Ramon, um dos empórios mais tradicionais do Mercado Municipal de São Paulo, ouviu 1.360 pessoas de todas as regiões do país a fim de obter uma perspectiva da relação dos brasileiros com a alimentação e seus hábitos de consumo, e constatou que o vinho ganha a preferência quando se trata de bebidas alcoólicas.

E se há uma temporada ideal para apreciar um bom vinho com certeza é a estação mais fria do ano: o inverno. Embora a bebida possa ser apreciada durante o ano todo, as baixas temperaturas são convidativas para degustar um bom rótulo. Os motivos são muitos: além da questão cultural, fatores como harmonização e sensação de aquecimento, devido à sua função vasodilatadora, contribuem para essa associação.

E para quem gosta de sabor e tradição, nessa época do ano o vinho é ainda mais requisitado, já que é o ingrediente principal do tradicional quentão, preparado com cravo, gengibre, canela e frutas.

Crédito das imagens: Reprodução.

Leave a Reply

Your email address will not be published.


Taste and health in low temperatures

The arrival of winter moves the food trade, especially the one of hot drinks and, between them, the wine gains the greater prominence. The reasons for success are innumerable: culture, pleasure and sophistication are just a few qualities associated with the drink that accompanies man since the earliest times.

But, at present, another differential calls attention: its action on health. According to specialized research, the drink that gained the status of a friend of heart, also won the taste of Brazilians, especially at the best age. However, the experts caution: the scientific evidence is not a carte blanche for exaggeration, because to achieve these benefits requires moderation.

Wine is one of the most appreciated drinks in the world, but at the table of Brazilians it is still conquering its space. With a per capita average of two liters per year, consumption in the country is well behind its Chilean and Argentine neighbors, however, this scenario is gradually changing.

Fatores como as diversas possibilidades de harmonizações e sensação de aquecimento fazem do inverno a estação perfeita para o consumo de vinho

The exclusive study, conducted by Banca do Ramon, one of the most traditional emporiums of the Municipal Market of São Paulo, heard 1,360 people from all regions of the country in order to obtain a perspective on the relationship of Brazilians with food and their consumption habits, and found that wine gets the preference when it comes to alcoholic beverages.

And if there is an ideal season to enjoy a good wine is certainly the coldest season of the year: winter. Although the drink can be enjoyed all year round, the low temperatures are inviting to taste a good label. There are many reasons for this: in addition to the cultural issue, factors such as harmonization and warm feeling due to its vasodilator function contribute to this association.

And for those who like taste and tradition, this time of the year wine is even more requested, since it is the main ingredient of the traditional Quentão, prepared with cloves, ginger, cinnamon and fruits.

Leave a Reply

Your email address will not be published.