Resultados da Hermès na China indicam a consolidação do mercado oriental

Quem acompanha detalhadamente o panorama do mercado de luxo mundial, sabe que a China se tornou um dos principais destinos de investimentos e ações das principais marcas do segmento. O alto consumo de produtos pelos chineses tem impactado de forma positiva os resultados das principais grifes do mundo.

Exemplo recente disso foi a Hermès que, após divulgar um aumento expressivo em suas taxas de vendas, totalizando cerca de seis bilhões de dólares no último ano, ainda destacou que entre o excelente resultado ocorreu em virtude de um crescimento surpreendente em todas as regiões que atua e, em especial, no mercado oriental.

Axel Dumas, presidente da marca francesa, ressaltou que em 2019 a Hermès novamente terá “um forte desempenho durante todo o ano, sem quebrar a tendência”. Se algumas marcas sofreram quedas nas receitas provenientes da China, o mesmo não aconteceu com grife liderada por Dumas que ainda afirmou que não foi detectada “nenhuma mudança de ritmo nas nossas lojas na China”.

De acordo com os dados divulgados pela marca, o crescimento das vendas no continente asiático teve um aumente na ordem de 14%, superou a Europa, com 8% e a América, com um total de 12%.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.