O destino das estrelas

Janeiro é o mês das férias e nada melhor do que aproveitar o merecido descanso se hospedando em um hotel repleto de luxo e conforto. De acordo com uma pesquisa realizada pelo buscador de passagens aéreas e reservas de hotéis Momondo, seis em cada dez brasileiros preferem se hospedar em hotéis quando estão de férias. E esses espaços de requinte e sofisticação também fazem a cabeça de muitas personalidades. Seja por conta de serviços diferenciados ou pela localização privilegiada, algumas hospedagens se tornaram referência em receber diversos ícones da música, cinema e literatura.

Se você é uma das pessoas que além do luxo, também busca um hotel que tenha recebido sua personalidade preferida, conheça sete belíssimos hotéis que receberam personalidades marcantes ao longo da história. Afinal de contas, realizar o sonho de dormir na cama em que seu artista favorito descansou pode estar mais perto do que você imagina. Escolha sua acomodação favorita, faça o check-in e sinta-se uma verdadeira estrela.

Belmond Copacabana Palace – Rio de Janeiro, Brasil

1

Um dos hotéis mais famosos do Brasil tem em sua imponente fachada a representação do mais alto luxo e requinte. A localização privilegiada, de frente a um belo ponto da Praia de Copacabana, fez o hotel ser escolhido por ícones pop como Justin Bieber, Miley Cyrus e Justin Timberlake. Para os fãs da sétima arte uma informação especial: as dependências do hotel serviram de cenário para o icônico número de dança de Fred Astaire e Ginger Rogers no filme Voando para o Rio, produzido em 1933.

Hotel Monteleone – Louisiana, Estados Unidos

2

Para os apaixonados por literatura, esse é o hotel ideal. Bem localizado e com quartos seguindo um estilo antigo, pitoresco e charmoso, foi mencionado em obras de Tennessee Williams e Ernest Hemingway, que foram hóspedes do estabelecimento. O bar do Monteleone é uma atração à parte, totalmente decorado como um carrossel, rendendo fotos bem bacanas.

Hotel Monte Vista – Arizona, Estados Unidos

3

Aqui, a experiência de dormir nos mesmos quartos em que lendas vivas ficaram hospedadas é facilitada, já que os nomes dos artistas ficam expostos nas portas dos aposentos. A suíte 216 recebeu Michael J. Fox, a 305 Bon Jovi, enquanto a 403 foi a escolha de Freddie Mercury. Na hora da reserva, você pode somente anunciar sua celebridade favorita para verificar a disponibilidade do espaço.

Fairmont The Queen Elizabeth – Montreal, Canadá

 4

Um dos mais tradicionais hotéis de Montreal impressiona pelo amplo espaço de suas instalações e por seu acesso direto para estação de trem e metrô. Se isso não basta para você se hospedar aqui, saiba que foi na suíte 1742 do Fairmont que John Lennon e Yoko Ono realizaram, durante sete dias, o famoso bed-in, protesto pacífico contra a guerra que resultou na gravação do single Give Peace a Chance. O quarto, hoje batizado com o nome dos artistas, ainda presta homenagem ao casal com fotografias da ocasião em suas paredes.

Savoy Hotel – Londres, Inglaterra

5

Aqui as palavras de ordem são tradição e elegância. O bar do hotel já recebeu ícones hollywoodianos como Katharine Hepburn e Frank Sinatra. Em 1901, o artista Claude Monet, então residente no Savoy, pintou o Tâmisa da sua janela do sexto andar. Para quem quer ser transportado para o passado, pode pedir um coquetel inspirado nos anos 1920 servido em uma bela taça vintage.

Relais Hotel Du Vieux Paris – Paris, França

6

Essa verdadeira joia localizada em um dos bairros mais fascinantes e artísticos de Paris teve seu grande boom nos anos 1950, quando a Geração Beat passou a se hospedar ali. Entre os nomes mais célebres, autores como Allen Ginsberg, William Burroughs e Jack Kerouac. Alguns poetas voltaram ao hotel depois de sua reforma em 1980 e assinaram um livro recheado de nomes famosos, que hoje fica guardado em um cofre.

Raffles – Singapura

7

Não restam dúvidas de que o Raffles fica ainda mais belo e festivo durante o mês de dezembro, mas celebridades não fazem distinção de época do ano para se hospedar aqui. Com belíssimos detalhes arquitetônicos coloniais, recepcionistas elegantes e densos jardins tropicais, foi no hotel que o escritor Rudyard Kipling criou o clássico infantil Mogli, o Menino Lobo. Recentemente, durante uma passagem por Singapura, o Príncipe William e Kate Middleton também passaram por lá.

Crédito das imagens: Reprodução.