Nunca foi tão barato empreender

Já tem algum tempo que mais e mais pessoas decidem empreender, colocar em prática suas ideias, seu sonho, seu propósito. Por isso temos visto tantas empresas nascendo, muitas startups e isso tem um porquê. Startup é um experimento. É um novo jeito de pensar o modelo de negócios: mais rápido, mais prático, menos burocrático, mais flexível e com a velocidade que o mercado atual nos impõe.

Em 2018 tive a oportunidade de fazer uma imersão no Vale do Silício e uma das coisas que aprendi no Vale foi: “se você não tiver vergonha da primeira versão do seu produto, você o lançou tarde demais”.

É com essa mentalidade (ou mindset) que funciona uma startup: experimentando, testando no mercado. É no mercado que está o conhecimento. É com o seu cliente que você vai aprender e aprimorar o seu produto.

Mas por que vemos tantas startups? Porque nunca foi tão barato empreender. No passado, para abrir um negócio, era necessário ter um bom capital: investir em estoque, no espaço físico (comprar ou alugar), ter fornecedores, colaboradores, logística, etc.

A tecnologia facilitou tudo. Hoje, empreender, experimentar ou “startupar” ficou muito barato. Graças aos avanços tecnológicos, aquilo que antes era acessível a poucos, hoje é extremamente barato e disponível a qualquer um. Por isso temos observado tantas ideias, novos negócios e serviços surgindo.

Observe que a tecnologia também permitiu crescimentos exponenciais e por isso vemos hoje tantas empresas relativamente novas dentre as mais valiosas do mundo.

A tecnologia nada mais é que uma ferramenta. A pergunta a se fazer é: eu estou fazendo uso inteligente da tecnologia disponível a favor do meu negócio? Vale lembrar que todas as empresas que nascem hoje, já nascem digitais. Se sua empresa ainda não atua com esse pensamento digital e uma visão de escala, há um grande risco de algum concorrente ocupar melhor esse espaço.

A boa notícia é que o aprendizado está altamente democratizado e todo dia é dia de aprender algo novo. Seja um autodidata. Não existem mais ex-alunos. Com tantas tecnologias e inovações surgindo a todo momento e, consequentemente, transformando mercados e comportamentos de consumo, aprender, desaprender e reaprender será sempre um grande diferencial. Afinal, conhecimento é poder.