Montblanc rende tributo ao gênio de um ícone da literatura e cultura francesa

A Montblanc Edição Escritores celebra os gigantes literários que deixaram sua marca na literatura mundial através do poder e da arte de seus escritos. A nova edição limitada presta homenagem ao talento criativo e ao legado cultural de Victor Marie Hugo (1802 – 1885). Considerado um dos maiores escritores românticos franceses, o romancista, poeta, dramaturgo e ilustrador desenvolveu seu próprio estilo de realismo imaginativo, combinando elementos realistas com simbolismo abundante. Hugo acreditava firmemente que sua missão como escritor era defender os menos favorecidos da sociedade, documentando a injustiça e usando seu trabalho para defender as causas sociais e políticas de seu tempo. Entre as suas muitas realizações, ele foi eleito membro da Académie Française em 1841, um reconhecimento da sua influência nas artes e literatura francesas.

Embora tenha produzido prolificamente em todos os gêneros, ele é mais conhecido em todo o mundo por seus romances Les Misérables e Notre-Dame de Paris (‘O Corcunda de Notre-Dame‘), que foram adaptados em várias versões e ganharam um lugar duradouro na cultura popular. Essas duas obras colossais da literatura francesa inspiraram o design dos instrumentos de escrita Montblanc Edição Escritores Victor Hugo. Além de elementos de narração de histórias retirados dos romances, a coleção também presta homenagem à vida pessoal e privada do autor, com referências elegantes à Hauteville House, sua casa lindamente decorada em Guernsey.

Criadas nos Ateliers Montblanc, quatro edições diferentes dão vida à magia das obras de Hugo, desde a imponente arquitetura da Catedral de Notre Dame em Paris até os personagens atraentes de Jean Valjean em Les Misérables .

O romance O Corcunda de Notre Dame se passa em Paris, durante o século XV. Conta a história de Quasimodo, a deformado tocador de sino, e seu amor não correspondido pela bela Esmeralda. Fiel à paixão de Hugo pela justiça social, o romance condena uma sociedade que exclui cruelmente pessoas como Quasimodo e Esmeralda. Os personagens e os temas do romance estão representados no design desta edição em resina preciosa preta com acessórios revestidos a platina.

Detalhes como, tampa inspirada na imponente arquitetura gótica da Catedral Notre-Dame de Paris, clipe esqueletizado, inspirado na rosacea central da catedral, com uma gota que evoca o sino de Notre Dame, tocado por Quasimodo, corpo decorado com um padrão que lembra os painéis de madeira no lado neogótico da galeria de carvalho na Casa Hauteville, de Hugo e atrás do clipe, um rosto inspirado em um desenho original de Jean Valjean, o protagonista de Les Misérables, criado por Gustave Brion, cone tem a forma do pilar ao qual Quasimodo estava acorrentado, em Notre-Dame de Paris, pena de ouro maciço Au750 revestido de ródio e adornada com a gravação especial em forma da gárgula da Catedral de Notre-Dame e Emblema Montblanc em resina preciosa podem ser vistos na nova coleção.