Método Una: o que o autoconhecimento é capaz de fazer?

O conhecimento, como muito se fala, é o único meio possível para a liberdade, como a famosa frase “O conhecimento liberta”.  Se o conhecimento nos liberta das amarras de nossas limitações o mundo, nos capacita para criar meios de agir com inteligência no nosso ambiente, o que então o autoconhecimento seria capaz de fazer?

Essa é uma pergunta muito presente nos dias de hoje, não só pelo momento que estamos vivendo, mas por percebermos que o conhecimento sobre si mesmo, articulado com a realidade em que estamos inseridos, é que nos permite viver uma vida com significado.

O autoconhecimento surge pela identificação de nossa identidade real, não apenas os papéis que desempenhamos no mundo, mas sim pela base sólida de valores que sustentam nossas ações. Quando temos nosso autoconhecimento desenvolvido, somos capazes de ter ações direcionadas e conscientes, comportamentos congruentes e uma imagem que nos represente, e tudo isso está ligado ao propósito que cabe a cada um de nós realizar para contribuir no mundo: a máxima expressão de si mesmo.

Para isso não basta sabermos o que somos, o que é importante para nós, o que almejamos e para o que viemos, se nada disso puder ser exteriorizado. Sabemos o quanto nossa aparência pode mudar nosso estado emocional e o quanto o estado emocional pode mudar nossa aparência. Percebe como está tudo ligado? Somos seres complexos e sistêmicos, onde cada aspecto de nossa vida interfere nela como um todo.

Você já deve ter reparado como quando você está feliz ou animada, acaba vestindo algo que transparece isso e de certa maneira te deixa mais confiante, ao passo que pode ser que você não esteja confortável com algo que esteja usando e isso a faz se sentir insegura e até triste. Não existe essa separação de dentro e fora, assim como não existe separação de mente e corpo. Ambos os aspectos fazem parte de você, e por isso mesmo merecem atenção e dedicação.

Para começar a ter esse olhar atento, é preciso exercitar, isso mesmo, observe que sensações que deseja ter ao usar a moda, e também quais sensações deseja transmitir, veja se elas fortalecem o que você é e se comunicam a sua personalidade.

Quanto mais você se observar, e permanecer atenta às suas escolhas, mais autoconhecimento você adquire, e cada vez mais você vai fortalecendo sua personalidade, e a moda vai ser só mais uma ferramenta para te ajudar a por pra fora, tudo o que transborda por dentro.

Para começar, responda as perguntas a seguir, elas te trarão clareza acerca de algumas de suas características mais importantes, e nos acompanhe por aqui, porque a jornada está só começando.

-Quais cores te trazem mais confiança e autoestima?

– Qual peça de roupa mais te representa ultimamente?

-Qual artifício de beleza te deixa mais segura?

– Qual estilo de acessório tem mais a ver com você?

– Qual mensagem você gostaria de expressar?