Marcas de luxo se unem no combate ao aquecimento global

Na última segunda-feira, 11 de dezembro, publicamos aqui no Terapia do Luxo uma matéria que destaca a sustentabilidade como um dos conceitos cada vez mais valorizados no mercado de luxo. O texto ressaltava que o Grupo Kering, um dos mais importante conglomerados de marcas de luxo do mundo, estava investindo em diversas ações para reduzir o impacto ambiental do segmento de moda.

E as grifes de alto padrão sistematicamente criam novos projetos nessa área. Exemplo disso é o Fashion Industry Charter for Climate Action (Cartilha da Indústria da Moda para Ação Climática) desenvolvida pela ONU e que já conta com a adesão de marcas como Burberry, Stella McCartney, Levi Strauss & Co., Puma e mais 40 empresas que assumiram o compromisso de combater o aquecimento do planeta.

Conforme declarou Karl-Johan Persson, CEO do grupo H&M, outra mar que assinou a cartilha, a publicação “visa unir a indústria da moda em importantes trabalhos climáticos. Nossa indústria tem um alcance global e somente juntos podemos criar a mudança que é urgentemente necessária”.

Crédito da imagem: Reprodução Burberry.

Leave a Reply

Your email address will not be published.