Jatos ainda mais particulares

Jetsmarter

Embora seja um sucesso em diversos países e, em outros, como o Brasil, ele ainda esteja em fase de adaptação, o Uber é uma inovação que, sem dúvidas, veio para ficar. Aliando a tecnologia dos aplicativos modernos com os tradicionais serviços de táxi, o serviço atrai cada vez mais clientes que se interessam por novidades e bom atendimento.

Não é a toa que a ideia, em pouco tempo, saiu da esfera dos automóveis e, literalmente, ganhou os céus. O aplicativo JetSmarter, que vem se tornando febre entre aqueles que não abrem mão da exclusividade quando o assunto são as viagens aéreas, é considerado uma espécie de Uber para o setor de aviação, tornando os jatos ainda mais particulares.

O serviço se apresenta através de três modalidades diferentes: voos pré-agendados, voos de último minuto e voos fretados. Mas, ainda são poucas as regiões que operam o serviço. Entre as cidades em que ele é realizado de forma mais comum estão Nova Iorque, Los Angeles, São Francisco e Dallas, todas situadas em solo norte-americano.

Entre os usuários mais famosos do serviço destacam-se o ator Jaimie Foxx e a atriz Emily Ratajkowski. De acordo com o CEO da empresa, Sergey Petrossov, não é somente conforto e bom atendimento que os clientes recebem durante as viagens aéreas. “Nossos passageiros acabam criando novos relacionamentos, desde amizades a contratos de trabalho durante estes voos” afirmou Sergey.

A boa noticia é que os serviços estão em franca expansão já que recentemente a Europa entrou na rota das viagens. Para os interessados, o aplicativo está disponível de graça nas lojas do Google e da Apple.