Inovação e diversidade marcam os desfiles do Brasil Eco Fashion Week 2018

Considerado o maior evento de moda e sustentabilidade da América Latina, o Brasil Eco Fashion Week 2018 aconteceu em São Paulo entre os dias 15 e 17 de novembro. Foram 17 desfiles, mais de 20 atividades entre talks, palestras e workshops, rodadas de negociação e mentoria. Mais de 1,5 mil pessoas passaram pelo evento na Unibes Cultural.

Nesta edição, o evento contou com um espaço dedicado a AMAZÔNIA, que reuniu marcas, palestras e ainda workshops tendo a floresta como ponto de partida para pesquisas diversas e projetos inovadores. O Workshop de Ecologia Profunda com Karina Miotto e a apresentação da Linha do Tucum, projeto de realizado por uma comunidade local da floresta, foram alguns dos destaques do evento.

Pascal Gautran, consultor da Première Vision, considerada maior feira têxtil de moda do mundo, veio ao Brasil para participar da Rodada de Negócios. Gautran, que também faz curadoria na área de moda e têxteis, esclarece como seu olhar identifica um produto com potencial comercial dentro do conceito de sustentabilidade para o mercado global. “A noção de design na moda é a mais importante. Nenhum consumidor quer usar uma peça de roupa se não for bonita, mesmo que seja ecológica. Portanto, estamos atentos aos produtos que possam criar desejo no consumidor”, diz. Outro item é identidade de marca. Segundo o especialista, as expectativas dos consumidores de marcas de moda sustentáveis são para produtos simples, atemporais, básicos, clássicos e bem cortados e com detalhes agradáveis. Mais detalhes sobre os bastidores você encontra no site oficial do evento.

Crédito das imagens: Divulgação.

Leave a Reply

Your email address will not be published.