A estratégia do crescimento

1

Em um panorama econômico marcado pela instabilidade como o que vivemos na atualidade, não existe marca ou segmento de mercado que seja imune às oscilações. Mesmo as grifes mais tradicionais do mundo precisam se adaptar e se reiventar para tornaram-se cada vez mais competitivas.

E foi exatamente isso que a Hugo Boss fez nos últimos tempos e os resultados já se mostraram extremamente satisfatórios. De acordo com os dados divulgados pela empresa, as vendas apresentaram um crescimento na ordem de 2% e o lucro líquido registrado pela marca aumento em cinco vezes. Para se ter uma ideia da positividade dos números, eles superaram até mesmo as estimativas dos analistas.

2

Conforme informou através de um comunicado o ex-diretor financeiro da Hugo Boss e atual diretor executivo da empresa, Mark Langer, o “realinhamento estratégico está começando a fazer efeito. Temos avançado consideravelmente nos Estados Unidos, particularmente no negócio online”.

Vale destacar que o processo de reestruturação contou com ações ousadas como o fechamento de lojas e a redução de preços. Entretanto, as decisões foram absolutamente corretas e a estratégia de crescimento da marca já mostra resultados a serem celebrados.

Crédito da imagem: Reprodução (Hugo Boss Fall/Winter 2014 Campaign)