Ermenegildo Zegna explora conexões e diversidades na coleção de inverno

A moda contemporânea é diversificada e múltipla. A inspiração dos estilistas, os desejos dos consumidores e a própria produção fashion há muito deixou de respeitar as fronteiras físicas e ideológicas e se amplia cada vez mais. Em busca de conectar toda essa diversidade, a marca italiana Ermenegildo Zegna apresenta sua nova coleção de inverno desfilada durante a Semana da Moda de Milão.

“As fronteiras continuam sendo estreitadas em todo o mundo e senti desejo de defender o poder de abertura e multiplicidade através dos meus próprios meios como designer de moda, expressando conscientização e responsabilidade em todas as etapas do processo criativo, desde a fabricação de têxteis até a criação de novas categorias de produtos. Ao fazê-lo, continuo aperfeiçoando minha visão do guarda-roupa metropolitano contemporâneo: uma ideia de adaptação para uma geração cruzada de clientes globais” destacou Alessandro Sartori, diretor artístico da marca.

Com um senso de formalidade que se sintoniza ao mundo industrial da selva de concreto, as peças se completam e se fundem: as jaquetas apresentam bolsos de vestuário exterior e as camisas tornam-se jaquetas em volumes quadrados e funcionais tornando a silhueta ainda mais personalizada e individual.

Fusão e manipulação são também palavras de ordem na nova coleção. Sob o slogan #UseTheExisting, a coleção foi quase totalmente produzida com tecidos exclusivos de lã, caxemira e nylon criado com processos inovadores de fontes pré-existentes. O resultado é um luxo flexível e responsável.

Leave a Reply

Your email address will not be published.