Cullinan – O maior diamante branco do mundo

Rainha Elizabeth no dia da coroação com o Cullinan I no cetro e o Cullinan II na coroa

Rainha Elizabeth no dia da coroação com o Cullinan I no cetro e o Cullinan II na coroa

O maior diamante bruto já descoberto, o Cullinan, pesava 3.106 quilates, aproximadamente 621 gramas, e foi oferecido ao rei Eduardo VII da Inglaterra em 1907, como presente de aniversário.

Descoberto em Pretória, na Africa do Sul,  em 1905, ele foi  lapidado em nove diamantes.

A pedra maior,Cullian I, de 530.20quilates, aproximadamente do tamanho de um figo, adorna o cetro real e o Cullinan II, de 317.40 quilates, mais ou menos do tamanho de uma ameixa, está na coroa que a rainha Elizabeth II usou na coroação e usa até hoje na abertura do Parlamento.

Os dois podem ser vistos na Torre de Londres.

 

O Cullinan III de 94.4 quilates, equivalente a um morango bem grande, e o IV de 63.3, um pouco menor, do tamanho de uma noz, estão montados em um broche que a rainha usou recentemente. São conhecidos como “Granny’s chips”. A vovó, no caso, é Queen Mary. Claro que para descrever esses diamantes como caquinhos, só mesmo sendo neto de rainha.

Elizabeth II usando o broche « Granny’s chips »

Elizabeth II usando o broche « Granny’s chips »

Os outros cinco Cullinans, estão montados em broches, colar e anel.

PS: O Cullinan I era o maior diamante do mundo até a descoberta em 1985 do diamante amarelo, o Golden Jubilee, de 545.67 quilates que pertence ao rei da Tailândia.