Compartilhamento se consolida como tendência na arquitetura contemporânea

Uma tendência que vem se consolidando em todos os setores da sociedade é a ideia do compartilhamento. Quer seja no cotidiano familiar e particular ou no ambiente corporativo e de negócios, a ideia de ampliar os horizontes e viver novas experiências em boas companhias vem mudando de forma bastante visível diversos nichos de mercado como a atividade turística ou a indústria automobilística.

O segmento de arquitetura, sempre atualizado com as tendências e mudanças sociais, também vem apresentando inovações importantes nessa área e, literalmente, vem reinventando os espaços tornando-se mais convidativos, receptivos e, principalmente, compartilhados.

Um bom exemplo dessa nova composição de ambientes pode ser visto na forma com que o espaço da cozinha é concebido nos projetos contemporâneos. Se, há algum tempo, a cozinha ainda era um local mais reservado, cujo objetivo era produzir os pratos que seriam apreciados em outros lugares da casa, atualmente ela virou um centro de convivência e um espaço aglutinador de pessoas nas casas e apartamentos.

Com uma diversidade de cores e tons na decoração e no mobiliário, revestimentos que fogem dos tradicionais azulejos e eletrodomésticos que aliam tecnologia e beleza em iguais proporções, as cozinhas se tornaram espaços privilegiados dentro da casa. Sua integração com áreas diversas como salas de estar, salas de jantar, varandas e outros ambientes aumenta ainda mais o interesse em passar ali momentos agradáveis em boa companhia.

O compartilhamento de ambientes, é claro, também tem uma relação imediata com a questão da sustentabilidade ambiental. Em muitos projetos de condomínios, por exemplo, diversas áreas em comum são partilhadas entre os moradores com o objetivo de reduzir os custos e, consecutivamente, os impactos ao meio ambiente.

O Beach House Residence, projeto desenvolvido pelo Studio Fabricio Pavesi Arquitetura em parceria com a arquiteta Cibele Spolti, apresenta em seu conceito diversos ambientes pensados para o compartilhamento. Além dos espaços no interior das unidades permitirem um livre acesso e a integração total da residência, as áreas de uso comum entre os demais moradores do residencial também foram concebidas para promover experiências plurais e ampliar a qualidade de vida dos moradores.

Com amplas áreas para recreação infantil, piscinas, brinquedoteca, salão de festas e home-cinema, os diversos ambientes foram concebidos para ampliar o conforto e a sensação de sentir-se em casa e, simultaneamente, proporcionar a oportunidade de interagir com os outros moradores. Para mais informações sobre o projeto acesse o site do Studio Fabricio Pavesi Arquitetura ou ligue para (47) 3351.6979.

Crédito das imagens: Beach House Residence/Studio Fabricio Pavesi Arquitetura.

Leave a Reply

Your email address will not be published.