Como transformar o menor ambiente da casa no espaço mais desejado?

Hoje é a estreia da minha coluna aqui no Portal Terapia do Luxo para falar sobre o universo de decoração e as inspirações que transformam o meu dia a dia e renovam cada vez mais os meus projetos. Tenho um jeito todo especial de desenvolver meus trabalhos simplesmente pelo modo como incluo a experiência com moda e tendências de um jeito bem delicado e sofisticado.

Quero começar com dicas práticas e funcionais para um ambiente que, talvez, seja o meu preferido para trabalhar. Quando o cliente procura o escritório, as vezes o banheiro não é a principal preocupação dele, porém ao apresentar o briefing, mostrando todas as possibilidades que ele pode ter nesse espaço, acaba virando um dos desejos da casa – assim como a cozinha.

De uns anos para cá, os apartamentos ficaram mais compactos e comprimidos em suas metragens e tamanhos, por isso a criatividade é a palavra de ordem para o melhor aproveitamento dos espaços, inclusive para transformar o banheiro em um ambiente mais agradável.

O uso de espelhos é uma estratégia muito válida para ampliar e valorizar esse cômodo. Quando não há espaço suficiente para algo maior, o ideal é apostar em shapes e molduras para deixar a peça versátil e mudar toda a atmosfera. Eles são bem-vindos nas gavetas, nos armários e não somente nas paredes.

O mais incrível de trabalhar com esse espaço é que a gente pode ter muita tecnologia de conforto e relaxamento. Por exemplo: piso aquecido, toalheiro térmico (para sair do banho e pegar a toalha quentinha ou até mesmo para secá-la entre um banho e outro), inibidor de vapor (para não espalhar pelo banheiro o vapor emitido pelo chuveiro), película de espelho desembaçante, luz indireta, luz suave, caixa de som, chuveiro com massagem, vaso sanitário inteligente (sistema de aquecimento, ducha, secador e higienizar) e banheira de imersão. Isso tudo cria uma fantasia na cabeça do cliente e o banheiro vira um dos ambientes mais queridos do lar.

Um sonho de consumo para qualquer casal é cada um ter o seu banheiro. Como nem sempre é possível, o ideal é ter tudo duplo: dois chuveiros, duas cubas. Claro que essas dicas não são tão aplicáveis para o lavabo por se tratar de algo mais introspectivo. Nele podemos trabalhar de uma forma mais ousada já que é um espaço utilizado com pouca frequência no dia a dia.

Confira, abaixo, uma galeria exclusiva de imagens.