Como as marcas brasileiras atuam no mercado de alto padrão

Do ponto de vista conceitual, principalmente levando em conta os atributos clássicos ligados ao segmento de luxo como atemporalidade, tradição e universidade, seria correto pensar que o Brasil não conta com uma marca de luxo genuinamente nacional.

Acredito que o mais correto é pensarmos que existem muitas marcas e empresas criadas no país que se posicionam com muito sucesso no segmento de alto padrão, sucesso esse que transcende as fronteiras do país e conquista cada vez mais o mercado internacional.

Um bom exemplo disso é a marca Havaianas. Através de uma excelente e inovadora estratégia de comunicação, a tradicional marca de sandálias elevou o nível de seus produtos e, atualmente, além dos artigos mais populares, também disponibiliza modelos de alto valor agregado. Essa mudança na percepção do produto fez com que as sandálias abandonassem sua função utilitária e entrassem na esfera de desejo dos consumidores.

Outra marca brasileira que também vem ampliando sua participação no imaginário dos consumidores é a Cacau Show. A marca criada por Ale Costa no final da década de 1980 se consolida cada vez mais no desenvolvimento de produtos de alta qualidade. Outro aspecto que reforça a ideia de valor agregado dos produtos da Cacau Show é a utilização de personalidades ligadas ao mundo do luxo em suas campanhas publicitárias. O chef de cuisine Erick Jacquin, por exemplo, foi o garoto propaganda de uma campanha lançada pela marca no ano de 2017.

No mercado fashion, uma marca brasileira que já consolidou seu espaço no segmento de alto padrão é a grife da estilista Martha Medeiros. Utilizando a renda artesanal como destaque em suas criações, as peças da estilista unem a tradição brasileira aos padrões de elegância internacionais e, nas palavras da própria estilista, são o “verdadeiro luxo do Brasil”.

Empreendedorismo e criatividade são aspectos comuns às empresas brasileiras e, também, se constituem como características inerentes às principais grifes do mundo. E ao dar um toque verde/amarelo ao mercado, as marcas nacionais fazem cada vez mais sucesso dentro do segmento de luxo.