Chanel, Lagerfeld e os anos 1930 ecoam nos salões do Ritz em show mitológico

Não poderia ser mais emblemático o cenário do 13º desfile Métiers d’Art da Chanel: os salões do restaurante do Ritz, na Place Vendôme, em Paris. Coco Chanel morou no hotel por mais de 30 anos, até sua morte, aos 87, sozinha, na luxuosa suíte de 150m2, em um domingo de 1971, dia da semana que a workaholic mademoiselle odiava, por ser de descanso.

Com casting incluindo Georgia May Jagger, filha de Mick, Levi Dylan, neto de Bob, o popstar Pharrell Williams e a atriz e it girl francesa Lily-Rose Depp, filha de Johnny Depp e Vanessa Paradis, que a aplaudiu de uma das mesas dispostas no salão, o desfile by Karl Lagerfeld foca nos anos 1930, quando o mundo se encantava com a mondanité de Coco que, literalmente, não parava de inventar moda.

Chamada Paris Cosmopolite, a coleção exalta os artesãos e costureiros que trabalham dia e noite para a grife e exala a urbanidade da Paris daquela época, obviamente repaginada com o toque contemporâneo do kaiser. Assim, vemos em tops como Cara Delevingne, que abriu o desfile após ano sabático, e a anglo-carioca Alice Dellal, em uma sucessão de comprimentos midi em saias com muita textura em tule e sobreposições.

Camélias e pérolas enfeitam colos e penteados. O famoso sapato bicolor ressurge diferente, em um modelo branco, bem fino, com cadarços pretos. Os bordados, seja salpicando uma saia, ou recobrindo preciosos costumes de tweed – claro, o material-fetiche de mademoiselle diz presente, e com força! – são uma obra de arte, e os dourados, como no conjunto cropped de Lily-Rose, de tirar o fôlego.

Outro grande momento é o look cereja, de tweed grosso, com vestido e casaco, usado com bolsa e bota over the knee do mesmo tom, em perfeito composé de texturas. Uma calça-corsário – ideal para moças de pernas longilíneas –, surge de repente já com cara de objeto de desejo.

Tudo traz, no conjunto da obra, surpreendente leveza, dando à poderosa cliente da maison mais juventude e descontração. O espírito de Coco está lá, assim como está nos corredores do mítico Ritz e da loja da Cambon, atravessando a rua. Mas este inverno vem com mais allure. Parece que a mulher Chanel quer se divertir.

Cara Delevingne abre o desfile e exibe um dos looks mais clássicos do show Cosmopolite, um tailleur em tweed nude

Cara Delevingne abre o desfile e exibe um dos looks mais clássicos do show Cosmopolite, um tailleur em tweed nude

Lily-Rose desfila conjunto cropped dourado e o bicolor repaginado: o preto agora vem em cadarços

Lily-Rose desfila conjunto cropped dourado e o bicolor repaginado: o preto agora vem em cadarços

O maravilhoso conjunto cereja, com direito ao tom nas botas e na bolsa, em perfeito mix de texturas

O maravilhoso conjunto cereja, com direito ao tom nas botas e na bolsa, em perfeito mix de texturas

O clássico calça-blazer em preto ganha bossa extra com barra mais curta e mangas estilo pelerine. A blusa é deliciosamente boho

O clássico calça-blazer em preto ganha bossa extra com barra mais curta e mangas estilo pelerine. A blusa é deliciosamente boho

Um charme esta calça-corsário em paetês pretos, que fica ainda mais chique com a jaqueta longa de tweed

Um charme esta calça-corsário em paetês pretos, que fica ainda mais chique com a jaqueta longa de tweed

Comprimento midi, bordado precioso, delicada transparência e o esplendor da gola: look de sonho

Comprimento midi, bordado precioso, delicada transparência e o esplendor da gola: look de sonho

O tweed ganha franjas no vestido de blusa vermelha, ricos bordados e mangas estruturadas. Profusão de pérolas dão o desejado ar 30's à produção

O tweed ganha franjas no vestido de blusa vermelha, ricos bordados e mangas estruturadas. Profusão de pérolas dão o desejado ar 30’s à produção

Chiquerie em noir: o vestido evasê com babados em camadas e discreta transparência tem sofisticado trabalho em rendas. Para completar, poderoso casaco matelassado

Chiquerie em noir: o vestido evasê com babados em camadas e discreta transparência tem sofisticado trabalho em rendas. Para completar, poderoso casaco matelassado

Quase um longo, o chique e leve vestido em renda e tule preto e branco que ganha gola-colar e pulseiras em tecido na mesma estampa do modelo

Quase um longo, o chique e leve vestido em renda e tule preto e branco que ganha gola-colar e pulseiras em tecido na mesma estampa do modelo

Alice Dellal em vestido com vertiginoso decote. Foco no choker de veludo, que promete ser hit da estação

Alice Dellal em vestido com vertiginoso decote. Foco no choker de veludo, que promete ser hit da estação

Crédito das imagens: www.vogue.fr