Chanel apresenta o “modus operandi” de suas coleções em novo livro

A Chanel é uma das mais importantes marcas de moda do mundo. A grife fundada por Coco Chanel na primeira metade do século XX em Paris se consolidou ao longo de mais de um século de história como uma das mais relevantes e significativas maisons de luxo da história.

Para desvendar um pouco de como a marca se tornou um autêntico ícone do mercado contemporâneo, será laçado no início de setembro o livro Chanel – The Making of a Collection. A obra que foi escrita por Laetitia Cenac e tem como ilustrador Jean-Philippe Delhomme aborda em mais de 200 páginas com grande riqueza gráfica o processo de criação da marca francesa.

E como não poderia ser diferente, a publicação tem como foco principal de análise as últimas coleções de Karl Lagerfeld, que comandou a Chanel por mais de três décadas até o seu falecimento no primeiro semestre deste ano. Para homenagear o estilista o livro também conta com uma entrevista ainda inédita na qual Lagerfeld conta um pouco de suas inspirações no momento de criar.

Para além do tributo ao estilista, a obra detalha os diversos procedimentos da cadeira produtiva da marca francesa, desde o início em que as ideias começam a ganhar o papel até a aprovação final dos modelos. É um verdadeiro mergulho ao modus operandi de uma grife que se tornou sinônimo de luxo ao longo de sua história.

Crédito da imagem: REUTERS/Stephane Mahe/Reprodução.