Café Baronesa une grãos selecionados, produção artesanal e alta tecnologia

De acordo com pesquisas realizadas no segmento de alimentação, o consumo interno de café no Brasil foi estimado em aproximadamente 1,1 milhão de toneladas, o que eleve o país a posição de segundo maior consumidor de café em nível mundial, imediatamente após os Estados Unidos.

Para celebrar essa bebida que é uma verdadeira paixão nacional, a Organização Internacional do Café definiu o dia 1º de outubro como o Dia Internacional do Café. A ideia da data é homenagear os produtores dos mais diferentes países.

No Brasil, uma marca que vem se destacando há mais de 15 anos no segmento é o Café Baronesa.  Atuando no mercado de cafés especiais desde 2007, a marca trabalha apenas com grãos selecionados, de origem controlada e alia a produção artesanal com a utilização de equipamentos e sistemas com tecnologia de ponta.

A produção é inteiramente própria e está localizada no sul de Minas Gerais, na Fazenda Mundo Novo, que possui o selo de qualidade do Certifica Minas Café que tem o objetivo de estimular os produtores a adotarem boas práticas de gestão e preservação ambiental. Depois de colhido o café é lavado e a água do lavador é tratada em tanques de reciclagem. A análise de solo, análise foliar, poda, adubação e banho foliar têm a época certa para acontecer.

Além disso, a marca trabalha com cafés premiados todos os anos, adquiridos em concursos estaduais e nacionais, quase todos campeões, em edições que se renovam sempre que surge algum concurso.  A excelência vem da seleção dos grãos especiais 100% arábica e todos os cuidados na combinação perfeita entre arte e tecnologia. Para mais informações basta acessar o site do Café Baronesa.

Leave a Reply

Your email address will not be published.