Birkin Hermès quebra novo recorde de bolsa mais cara do mundo

Novos recordes

Novos recordes

O que um Rolls-Royce é para o mundo do automobilismo, uma Birkin é para o universo de bolsas. A bolsa Hermès Birkin, criada em homenagem à atriz e cantora Jane Birkin, é um símbolo absoluto de estilo, requinte e riqueza, devido ao seu preço elevado e à disponibilidade limitada.

A peça que encanta colecionadores e fashionistas endinheirados, que não se importam em desembolsar pequenas fortunas para possuir um de seus modelos exclusivos, novamente foi coroada como a bolsa mais cara do mundo já vendida em leilão da Christie. O valor alcançado, dessa vez, foi de quase 223 mil dólares.

Um dos destaques do leilão promovido pela Christie era, justamente, um modelo excepcional da Birkin, produzida em couro de crocodilo e embelezada com diamantes e ouro branco 18 quilates. O valor do lote previsto era algo entre 129 e 194 mil dólares, mas sem muito esforço superou a expectativa quando um comprador anônimo ofertou aproximadamente 1,72 milhão de dólares de Hong Kong, o que equivale a cerca de 223 mil dólares americanos.

Esta venda quebrou o recorde mundial anterior de bolsa mais cara do mundo, que também pertencia a outro modelo Hermès Birkin  que, em 2011, alcançou 218 mil dólares em um leilão.

Hermes_Birkin_bag_most_expensive_1 Hermes_Birkin_bag_most_expensive

Leave a Reply

Your email address will not be published.