As mudanças no mercado de luxo protagonizadas pela Geração Z

Ao mesmo tempo em que a globalização possibilitou o fim das fronteiras físicas e ideológicas, ela também ampliou a especificidade dos públicos. Dessa forma, atualmente, é possível, definir com exatidão o público alvo de um determinado produto ou serviço.

Um desses públicos é a Geração Z, que segundo os estudos sociais, é constituída pelas pessoas nascidas a partir do ano 2000 e se essa faixa da população ainda não representa uma parcela muito grande do consumo de produtos de luxo no mundo, isso está mudando de forma rápida. De acordo com a pesquisa True-Luxury Global Consumer Insight, desenvolvida pelo Boston Consulting Group e divulgada na última semana, a Geração Z já é responsável por aproximadamente 4% do mercado global de luxo.

Esse público mais jovem está “entrando nesse mercado com uma forma de consumir muito diferente da dos mais velhos. A indústria do luxo, que tem tido tantas dificuldades com os millennials, tem todo o interesse em se preparar para estes futuros consumidores, sabendo mais sobre o seu comportamento e valores”, definiu Nicola Pianon, uma das responsáveis pelo estudo.

E para bem atender esse consumidor do futuro, as marcas de luxo já estão se adaptando. Nesse cenário, a conectividade e a interatividade são conceitos que ganham ainda mais valor. Segundo o estudo, 95% desses consumidores mais jovens interagem através das mídias sociais com as marcas de sua preferência.

Outro aspecto marcante dessa nova geração é o seu interesse pelas colaborações e parcerias entre marcas. Refletindo um novo comportamento mais ligado à diversidade e à democratização, um em cada dois consumidores da Geração Z se diz interessado em adquirir produtos oriundos da união entre marcas ou profissionais.

Uma das características que acompanham o luxo ao longo de sua história é a capacidade de compreender os novos tempos e incorporar os novos desejos. Por isso mesmo, as marcas que atuam no segmento devem a partir de agora, no presente, buscar formas de atender aos anseios e demandas desse público do futuro.

Crédito da imagem: Chanel Pharrell/Divulgação.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.