A obra de Christian Louboutin será tema de exposição em Paris

A segunda metade do ano acabou de começar, mas, para muitos apaixonados pelo mundo da moda de luxo, o desejo é que 2020 chegue o mais breve, e o motivo desse anseio é muito justo: ano que vem o designer Christian Louboutin será tema de uma exposição inédita em sua carreira.

A partir do dia 25 de fevereiro, no Palais de la Porte Dorée, um dos locais mais icônicos da cultura francesa, os visitantes poderão acompanhar detalhes da vida e da obra do francês que se tornou símbolo de luxo no universo dos sapatos. A escolha do palácio não poderia ser mais apropriada já que, além de ser patrono da restauração de parte do espaço, Louboutin possui uma relação íntima e longa com o lugar.

As icônicas solas vermelhas, que se tornaram um símbolo do trabalho de Christian Louboutin, ganharão um espaço especial na exposição

“Sempre mantive uma conexão íntima e privilegiada com o Palais de la Porte Dorée. Este lugar único inspirou o meu mundo criativo com a sua decoração, os seus móveis, os seus relevos, os seus mosaicos, mas também os seus incríveis aquários. Hoje, o Palais é um reflexo dos valores aos quais me apego: diversidade, transmissão e abertura ao mundo” ressaltou Louboutin.

O cuidadoso trabalho de pesquisa em toda a obra do designer resultou em uma retrospectiva inédita que se manterá em cartaz por cinco meses. Entre os principais destaques da exposição estarão as tradicionais solas vermelhas que se tornaram sinônimo de Loubotin em todo o mundo. Embora ainda falte um tempo considerável para os portões do Palais de la Porte Dorée se abrirem e revelarem a obra de Louboutin já é tempo de se programar.

Crédito das imagens: Reprodução.