A excelência da equipe de trabalho como diferencial no mercado de alto padrão

Após comandar a Chanel por mais de três décadas, Karl Lagerfeld, no último dia 19 de fevereiro, deixou a vida para ocupar o seu lugar definitivo na história da moda e do luxo como um dos maiores criadores de todos os tempos. Para substituir uma figura tão emblemática quanto o estilista alemão, a marca francesa anunciou Virginie Viard que atuava há anos como braço-direito de Lagerfeld.

Além de prestigiar uma profissional que já fazia parte da história da maison, ou seja, uma autêntica prata da casa, a Chanel comprovou com a mudança que tem talentos de expressividade dentro do seu quadro de colaboradores e, ainda, elevou uma mulher ao comando da mais icônica grife fashion criada por uma mulher: Coco Chanel.

De acordo com Sheyla Costa, uma das principais referências do mercado brasileiro de capacitação e treinamento, a decisão da Chanel de confiar no talento de Virginie Viard dialoga de forma direta com as mudanças contemporâneas no mundo corporativo. “Não é de hoje que as mulheres estão mudando o mundo para melhor. Sempre houve muitas mulheres superando seus limites e por sua dedicação, força, garra e pioneirismo se tornaram verdadeiros motores da história, ajudando a transformar a sociedade através das suas importantes conquistas”, destaca Sheyla.

De acordo com Sheyla Costa as “empresas valorizam muito pessoas que não pensam apenas na sua própria tarefa, e sim naqueles que pensam nos colegas e na empresa em si”

Outro aspecto que pode ser observado com a mudança na direção criativa de uma das mais importantes marcas do mundo é a importância dada ao trabalho em equipe e à excelência profissional no mercado de trabalho. A dedicação de longa data de Virginie Viard para com a marca francesa aliada a sua busca constante por conhecimento e, acima de tudo, a capacidade de trabalhar em equipe gerindo, confronto e valorizando as inciativas individuais foram, sem sombra de dúvidas, fatores essenciais para a promoção da estilista.

“Saber trabalhar em equipe é um fator importante, é uma característica essencial para os profissionais. As empresas valorizam muito pessoas que não pensam apenas na sua própria tarefa, e sim naqueles que pensam nos colegas e na empresa em si”, define Sheyla que há 14 anos atua no desenvolvimento pessoal e profissional. Para mais informações acesse o site de Sheyla Costa e descubra como as atitudes transformadoras podem impactar a gestão e os resultados das equipes no mercado de alto padrão.